October 23, 2008 / 9:09 AM / 9 years ago

PANORAMA1-IPCA-15, setor externo, Microsoft e Vale formam agenda

4 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO, 23 de outubro (Reuters) - A agenda de dados é mais recheada nesta quinta-feira, mas o foco dos investidores deverá continuar nos desenvolvimentos da crise financeira global, que não pára de castigar os mercados com notícias corporativas ruins e números econômicos fracos.

Na agenda de resultados corporativos, no Brasil destaca-se a Vale (VALE5.SA) e nos Estados Unidos a Microsoft (MSFT.O). Analistas prevêem para a Vale um lucro de 4,6 bilhões de reais no terceiro trimestre, mesmo valor dos três meses anteriores. Veja pesquisa em [ID:nN22382917]

A agenda brasileira tem ainda taxa de desemprego e IPCA-15 às 9h. O desempenho das contas externas do país em setembro será divulgado a partir das 10h30.

A previsão para o IPCA-15 é de alta de 0,30 por cento em outubro, ante 0,26 por cento em setembro. Veja pesquisa completa em [ID:nN23382981]. Para o desemprego, o prognóstico é de 7,4 por cento em setembro, ante 7,6 por cento em agosto.

"A conta corrente deverá apresentar déficit de 1,3 bilhão de dólares em setembro... Não deveremos observar impactos relevantes da crise internacional neste resultado, uma vez que o investimento direto deverá somar pelo menos 5,5 bilhões de dólares, mais do que suficiente para financiar o saldo negativo da conta corrente", disse em nota Jankiel Santos, economista-chefe do Bes Investimento.

Nos Estados Unidos, sai o número de pedidos de auxílio-desemprego, com previsão de aumento para 470 mil aplicações na semana do dia 18, ante 461 mil na anterior.

Para ver a agenda do dia, clique [nN23384048]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 2,381 reais, em alta de 6,39 por cento. O volume negociado no mercado interbancário foi de 2,886 bilhões de dólares.

Bovespa .Bvsp

O Ibovespa tombou 10,18 por cento, a 35.069 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,3 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros despencou 15,99 por cento, aos 15.053 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) subiram fortemente na BM&F. O DI janeiro de 2010 avançou a 16,22 por cento, enquanto o DI janeiro de 2012 saltou a 17,43 por cento.

Global 40 braglb40=Rr

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caía para 99,375 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 11,01 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil avançava 126 pontos, a 656 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 766 pontos-básicos.

Bolsas Dos Eua

O índice Dow Jones .DJI teve desvalorização de 5,69 por cento, a 8.519 pontos. O Nasdaq .IXIC declinou 4,77 por cento, para 1.615 pontos. O índice S&P 500 .SPX teve baixa de 6,10 por cento, aos 896 pontos.

Treasuries De 10 Anos us10yt=Rr

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caía para 3,60 por cento no final da tarde, ante 3,73 por cento na véspera.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Reportagem de Vanessa Stelzer; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below