July 23, 2008 / 6:35 PM / 9 years ago

ATUALIZA-Terremoto de magnitude 6,8 atinge norte do Japão

4 Min, DE LEITURA

(Texto atualizado com amis informações e detalhes)

TÓQUIO, 23 de julho (Reuters) - Um forte terremoto de magnitude preliminar 6,8 atingiu o norte do Japão no começo da quinta-feira (horário local), ferindo várias pessoas e deixando 10 mil casas sem energia elétrica, além de provocar um deslizamento de terra que soterrou três carros.

O governo informou, no entanto, que não há risco de tsunami devido ao terremoto, o que foi confirmado pela Agência Meteorológica do Japão.

O epicentro do tremor ficou a 120 quilômetros abaixo da superfície da Terra na região de Iwate, área montanhosa e esparsamente povoada, de acordo com a agência.

"Estava tremendo tanto que quase não consegui colocar o pé para fora da cozinha e entrei um pouco em pânico. Vários pratos quebraram", disse um homem na cidade de Hachinohe na região de Aomori, a cerca de 550 quilômetros a nordeste de Tóquio, à emissora de TV pública NHK.

Segundo a mídia japonesa, aviões militares sobrevoam a área para delimitar a extensão dos danos causados pelo tremor e autoridades locais solicitaram o envio de tropas à região para ajudar. Não foram encontradas autoridades do Ministério da Defesa para comentar.

"Não tenho informações concretas, mas ouvimos que há vários feridos", disse Shinya Izumi, ministro encarregado do gerenciamento de desastres, entrevista coletiva após o governo criar uma força-tarefa a de emergência no gabinete do primeiro-ministro.

A emissora de TV privada Asahi citou um porta-voz de um hospital em Hachinohe, cidade de cerca de 240 mil habitantes a 550 quilômetros a nordeste de Tóquio, que teria dito que 13 pessoas deram entrada com ferimentos. Não foram dados detalhes sobre o estado das vítimas.

A emissora TBS colocou o número de feridos em 55, enquanto a NHK falou em 18 pessoas.

Houve um incêndio em um prédio e as câmeras da NHK mostraram carros de bombeiros se dirigindo ao local. A emissora disse que o incêndio logo foi extinto.

A NHK também informou que partes de algumas estradas foram fechadas e algumas linhas de trem foram interditadas depois do tremor.

A Tohoku Electric disse que suas instalações nucleares na área operavam normalmente depois do terremoto, exceto uma unidade, que já estava desativada para manutenção antes do tremor. A Tokyo Electric informou que suas usinas nucleares, localizadas mais ao sul, também não foram afetadas

A Nippon Oil disse que sua refinaria em Sendai, responsável pela refinação de 145 mil barris por dia, também operava normalmente depois do terremoto, mas Tohoku Electric disse que teve de desativar uma unidade movida a petróleo, que produz 250 megawatts, após o terremoto.

Os terremotos são comuns no Japão, um dos lugares mais ativos sismicamente no mundo. O país tem cerca de 20 por cento dos terremotos mundiais com magnitude 6 ou maior.

Reportagem de Linda Sieg

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below