Lucro da UPS cai no trimestre, mas supera estimativas

quinta-feira, 23 de outubro de 2008 14:45 BRST
 

Por Scott Malone

SCHENECTADY, Estados Unidos, 23 de outubro (Reuters) - A United Parcel Service (UPS.N: Cotações), maior companhia de entregas de encomendas do mundo, divulgou nesta quinta-feira queda de 9,9 por cenot no lucro trimestral, mas o resultado ficou acima das expectativas de Wall Street. Apesar disso, a empresa informou que espera que consumidores nervosos com a crise econômica reduzam as compras de fim de ano.

Como sua principal rival, a FedEx (FDX.N: Cotações), a UPS é considerada um termômetro da economia porque transporta uma enorme quantidade de encomendas para consumidores e empresas.

A empresa informou que a ansiedade dos consumidores e a deterioração da economia mundial a obrigam a cortar custos, incluindo empregos, em 2009. A UPS informou ainda que espera lucro em 2008, mas na ponta mais baixa das estimativas que fez em julho.

"Com a confiança dos consumidores se aproximando de níveis mais baixos, estamos preocupados que o trenó do Papai Noel ficará mais leve este ano", disse o vice-presidente financeiro da UPS, Kurt Kuehn, em conferência com analistas. "Deve levar vários trimestres antes que qualquer recuperação torne-se evidente."

A UPS teve lucro líquido de 970 milhões de dólares no terceiro trimestre, ou 0,96 dólar por ação, ante ganho de 1,08 bilhão de dólares um ano antes. Analistas, em média, esperavam lucro líquido de 0,89 dólar por ação, segundo a Reuters Estimates.

A receita cresceu 7,4 por cento, para 13,1 bilhões de dólares.