Setor de serviços na zona do euro tem contração em junho

segunda-feira, 23 de junho de 2008 07:28 BRT
 

LONDRES, 23 de junho (Reuters) - Os setores de serviços e manufatureiro da zona do euro apresentaram uma contração inesperada no mês de junho, segundo uma pesquisa divulgada na segunda-feira, mas os dados não devem ser suficientes para impedir que o Banco Central Europeu (BCE) aumente as taxas de juros em julho.

A pesquisa, realizada com 5.000 companhias, deve aumentar os temores de estagflação na zona do euro, com a desaceleração do crescimento no segundo trimestre enquanto o preço dos estoques de petróleo causam pressões inflacionárias.

O índice do setor de serviços da zona do euro, que inclui de bancos a cafeterias, caiu para 49,5 em junho ante 50,6 em maio, a primeira vez que o dado abaixo da marca dos 50,0 -- que divide crescimento de contração-- desde junho de 2003.

Apenas três dos 36 economistas ouvidos previram um dado abaixo de 50,0. As previsões ficaram entre 49,7 e 50,5.