Petróleo nos EUA recua e fecha a US$105,73 com queda da demanda

quarta-feira, 24 de setembro de 2008 17:40 BRT
 

NOVA YORK, 24 de setembro (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em queda nesta quarta-feira, após oscilarem quando dados do governo mostrarem que a demanda recuou, que o uso das capacidade total das refinarias caiu para um patamar recorde de baixa e que os estoques da commodity caiu menos do que o esperado.

"Os dados do governo mostram que a demanda está péssima", afirmou Kyle Cooper, diretor de pesquisa da IAF Advisors. "Os números da importação de petróleo estão surpreendentes. Subindo, eu vejos os estoques subindo."

Na Nymex, o contrato novembro CLX8 caiu 0,88 dólar, ou 0,83 por cento, para fechar a 105,73 dólares por barril, sendo negociado entre 104,80 e 109,50 dólares.

O relatório semanal da Administração de Informação de Energia mostrou nesta quarta-feira que os estoques de petróleo caíram 1,5 milhão de barris, contra uma perspectiva de baixa de 2 milhões de barris.

A importação de petróleo registrou uma média diária de 7,1 milhões de barris na última semana, queda de 1,4 milhão de barris por dia em relação à semana anterior.

O uso da capacidade de refinarias caiu 10,7 pontos percentuais, para 66,7 por cento.

Em Londres, o petróleo tipo Brent LCOc1 caiu 0,63 dólar, para 102,45 dólares por barril.

(Rerportagem de Robert Gibbons)