CÂMBIO-Dólar responde a fundamentos e opera em leve baixa

quarta-feira, 23 de abril de 2008 11:02 BRT
 

SÃO PAULO, 23 de abril (Reuters) - O dólar operava em baixa nesta quarta-feira, influenciado pela entrada de recursos no país e pela arbitragem com o juro brasileiro em uma sessão ainda com pouca volatilidade.

Às 10h56, a moeda norte-americana BRBY era cotada a 1,659 real, em queda de 0,12 por cento.

"O dólar está seguindo o movimento padrão do mercado", disse Jorge Knauer, gerente de câmbio do banco Prosper, referindo-se à direção da moeda norte-americana nesta mês.

Em 15 sessões em abril, o dólar subiu em apenas duas. O mercado considera que o alto patamar do juro doméstico, elevado neste mês pelo Banco Central, é um dos principais responsáveis pela queda do dólar por atrair operações de arbitragem.

Os estrangeiros têm aproveitado o espaço maior para esse tipo de operação. Na terça-feira, de acordo com dados da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), eles aumentaram a posição vendida em dólar --uma aposta na valorização do real-- para pouco mais de 2 bilhões de dólares em termos líquidos.

Knauer, porém, espera alguma volatilidade antes da reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN), prevista para quinta-feira. Desde o final da semana passada, o mercado tem aventado a possibilidade de um aumento do Imposto sobre Transações Financeiras (IOF) no investimento de estrangeiros em títulos públicos.

"O dólar está num piso muito baixo em relação aos últimos nove anos. Então obviamente é normal que haja volatilidade", disse.

O governo implantou a cobrança em maio, com alíquota de 1,5 por cento. A decisão, no entanto, teve efeito limitado sobre a taxa de câmbio, que tem sido cotada nos menores níveis desde maio de 1999.

(Por Silvio Cascione; Edição de Alexandre Caverni)