Risco de emergentes supera 300 pontos, maior em dois anos e meio

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008 12:38 BRST
 

NOVA YORK, 23 de janeiro (Reuters) - A medida de risco dos países emergentes superou nesta quarta-feira os 300 pontos-básicos pela primeira vez desde julho de 2005, com o medo de recessão nos Estados Unidos fazendo muitos investidores correr para a relativa segurança dos Treasuries norte-americanos.

Às 12h37 (horário de Brasília), a diferença de rendimento entre os bônus soberanos de emergentes e os Treasuries subia 16 pontos-básicos, para 306 pontos, de acordo com o índice Embi+ do JPMorgan 11EMJ.

(Reportagem de Walter Brandimarte)