BOLSA EUROPA-Ações caem um dia após atuação emergencial do Fed

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008 15:20 BRST
 

(Atualizado com fechamento das principais bolsas européias)

PARIS, 23 e janeiro (Reuters) - As bolsas européias tiveram um de seus piores fechamentos nesta quarta-feira, depois que o alívio momentâneo com o corte surpresa do Federal Reserve foi substituído pelo receio de que novas baixas contábeis impactem mais os bancos.

As ações de empresas de energia também figuravam entre as maiores perdas, afundando juntamente com o preço do petróleo. A Royal Dutch Shell (RDSa.L: Cotações) cedeu 4,8 por cento; a Total (TOTF.PA: Cotações) caiu 5,8 por cento e a Repsol (REP.MC: Cotações) fechou em queda de 3,2 por cento.

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, das principais ações européias, declinou 3,22 por cento, aos 1.262 pontos, após registrar a mínima do dia em queda de mais de 4 por cento.

"A grande questão é se o Fed fez o bastante para conter a onda negativa da crise de crédito, o desaquecimento do mercado imobiliário e o risco de recessão. A julgar pelas respostas do mercado acionário até o momento, é preciso fazer mais", afirmaram os analistas do Bear Stearns em relatório.

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE fechou em queda de 2,28 por cento, a 5.609 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX retrocedeu 4,88 por cento, para 6.439 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 .FCHI caiu 4,25 por cento, para 4.636 pontos.   Continuação...