24 de Outubro de 2008 / às 22:42 / 9 anos atrás

CONSOLIDA-Unibanco se antecipa e consegue filtrar queda de ações

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO, 24 de outubro (Reuters) - O Unibanco UBBR11.SA lançou uma ofensiva nesta sexta-feira para conter o clima de desconfiança do mercado que vinha colocando as ações da companhia no olho do furacão.

O banco antecipou em duas semanas a divulgação de seus resultados do terceiro trimestre, postando um relatório com dados ainda não auditados, detalhando suas operações no mercado de derivativos, justamente o tema que mais está preocupando analistas e investidores, até a terceira semana de outubro.

Além disso, executivos realizaram uma teleconferência com jornalistas no meio da tarde, dando informações sobre operações de crédito, câmbio, inadimplência e posição de liquidez.

Com frases como: "Nossa condição de liquidez é total", "o Unibanco só faz operações de derivativos com empresas que têm conceito A", e "a crise não afetou os depósitos, que continuam crescendo", o vice-presidente Corporativo do banco, Geraldo Travaglia, aparentemente conseguiu acalmar o mercado.

Se não foi suficiente para levar a variação de seus papéis para o azul, num dia em que o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo .BVSP desabou 6,9 por cento, as iniciativas conseguiram tirar os papéis da linha de tiro.

Depois de terem chegado a desabar quase 23 por cento, as units do banco fecharam o dia caindo 8,7 por cento, cotadas a 10,50 reais.

"Os depósitos têm crescido, estão absolutamente constantes", afirmou Travaglia.

Ele explicou que o banco espera um crescimento de 10 a 15 por cento das operações de crédito em 2009, bem menor do que a previsão anterior.

O executivo também disse que o volume de operações de derivativos de suas empresas clientes é baixo em relação aos ativos totais (cerca de 0,5 por cento) e que, se as tais transações fossem liquidadas imediatamente, gerariam para a instituição um crédito de 1 bilhão de reais.

O executivo disse ainda que a instituição não tem risco de exposição cambial.

Por fim, Travaglia reforçou que o banco fez uma proposta para adquirir as operações da seguradora AIG no Brasil, para a qual espera resposta do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, que assumiu o controle da companhia. Disse também que o banco está negociando a compra de carteiras de crédito de instituições de médio porte.

RESULTADO

O Unibanco registrou no terceiro trimestre do ano um lucro líquido recorrente de 704 milhões de reais, um crescimento de 5,6 por cento em relação ao resultado apurado no mesmo período do ano passado.

A carteira de crédito do banco atingiu 74,3 bilhões de reais ao final de setembro, um crescimento de 32,9 por cento em 12 meses.

O Unibanco informou ainda que reabriu seu programa de recompra de ações.

Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below