PANORAMA1-Mercado faz contagem regressiva para Fed e inflação

terça-feira, 24 de junho de 2008 08:03 BRT
 

SÃO PAULO, 24 de junho (Reuters) - Os investidores sustentam nesta terça-feira o clima de contagem regressiva para a divulgação do Relatório de Inflação do Banco Central e o anúncio do Federal Reserve sobre o juro norte-americano.

Os dois eventos, agendados para a quarta-feira, são cruciais para a definição das expectativas do mercado num momento de inflação alta mundo afora.

No Brasil, a estimativa de economistas consultados pelo BC já é de que a inflação supere 6 por cento neste ano. Nos Estados Unidos, os preços avançaram 4,2 por cento em maio --um nível desconfortável que, em outras circunstâncias, já teria levado o Fed a elevar o juro básico.

COMMODITIES

As negociações anuais sobre os preços do minério de ferro continuam sob o radar do mercado.

Nesta terça-feira, as atenções estão voltadas para o processo entre a BHP Billiton (BHP.AX: Cotações)(BLT.L: Cotações) e as siderúrgicas chinesas. A dúvida dos analistas é se a BHP conseguirá convencer os chineses a pagar mais que o reajuste recorde acertado pela rival Rio Tinto (RIO.AX: Cotações)(RIO.L: Cotações) na véspera.

A Rio praticamente dobrou os preços do minério de ferro fornecido via contratos a termo, superando o reajuste de cerca de 70 por cento que os produtores de aço da China tinham acertado em fevereiro com a Vale (VALE5.SA: Cotações)(RIO.N: Cotações). Porém, a BHP, única grande mineradora ainda em negociações com as siderúrgicas, deu indicações de que o reajuste obtido pela Rio Tinto pode não ser o bastante.

  Continuação...