PANORAMA2-Mercado renova ânimo de olho em ajuda da Casa Branca

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008 18:52 BRST
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 24 de janeiro (Reuters) - A montanha-russa nos mercados internacionais apontou para cima nesta quinta-feira, com alta das bolsas de valores em meio à esperança de que a recessão nos Estados Unidos possa ser evitada pelos esforços do governo norte-americano e do Federal Reserve.

Essa expectativa foi reforçada na tarde de quarta-feira, com a notícia de que um órgão regulador de Nova York pressionou grandes bancos a injetar bilhões de dólares nas seguradoras de bônus --mais um setor a sofrer com a crise.

Nesta quinta-feira, o presidente George W. Bush e o secretário do Tesouro norte-americano, Henry Paulson, falaram em "força e resistência" da economia após fecharem um acordo preliminar com a Câmara para o pacote.

O ânimo também foi renovado pelo número menor que o esperado de pedidos de auxílio-desemprego nos EUA.

Em Nova York, os principais índices de ações operavam em alta pouco antes do fechamento.

No mercado brasileiro, que pára na sexta-feira com o aniversário de São Paulo, a Bovespa disparou e o dólar conseguiu encerrar a semana de crise na mesma cotação em que a começou.

Mas a trégua não significou o fim do pesadelo para os bancos. O Société Générale SCGN.PA divulgou que um operador, sozinho, foi responsável por uma fraude de 7 bilhões de dólares --mais do que as últimas baixas contábeis registradas pelo segundo maior banco francês em meio à crise.

O tamanho do rombo fez alguns analistas imaginarem se ele teria sido o responsável pelo terremoto vivido nas bolsas européias na segunda-feira. Um dia depois, o Federal Reserve anunciou um corte inesperado do juro.   Continuação...