BG faz oferta hostil de US$13,1 bi por Origin Energy

terça-feira, 24 de junho de 2008 08:22 BRT
 

Por Fayen Wong

PERTH, Austrália (Reuters) - A produtora britânica de gás BG Group lançou uma oferta hostil de aquisição da australiana Origin Energy por 13,1 bilhões de dólares, enquanto busca ampliar sua posição no mercado de gás asiático que atravessa rápido crescimento.

A BG está levando sua oferta de 13,8 bilhões de dólares australianos, toda em dinheiro, direito para os acionistas da Origin, depois que o conselho da companhia rejeitou na semana passada a proposta que avalia a empresa a 15,50 dólares australianos por ação.

A Origin afirmou na ocasião que suas reservas de gás de carvão sozinhas valem mais de 15 bilhões de dólares depois que dobrou sua estimativa de reservas para 10 mil petajoules.

As ações da Origin, que saltaram mais de 85 por cento este ano, subiram 6,2 por cento nesta terça-feira, para um recorde de 16,48 dólares australianos por ação, indicando que os investidores esperam uma oferta maior.

Se bem sucedido, um acordo será a segunda maior aquisição estrangeira de uma companhia australiana depois que a mexicana Cemex, maior produtora de cimentos da América do Norte, comprou o Rinker Group por 14,2 bilhões de dólares no ano passado.

A BG informou que a oferta, que representa um ágio de 48 por cento sobre o fechamento da ação da Origin em 29 de abril --quando a proposta foi anunciada pela primeira vez--, reflete o valor dos negócios integrados de energia da Origin e as perspectivas de longo prazo das reservas de gás obtido a partir de carvão.

"Não é surpresa a BG ter lançado uma oferta hostil. É uma oferta muito generosa e eu creio que alguns acionistas podem ser tentados e podem decidir apenas aceitar o dinheiro", disse Gavin Wendt, diretor de pesquisa na Fat Propheus Funds Management.

A BG, terceira maior produtora de petróleo e gás natural do Reino Unido, quer as vastas reservas de gás da Origin na Austrália para alimentar um projeto de gás natural liquefeito na costa leste do país.