Presidente do Haiti indica nova primeira-ministra

terça-feira, 24 de junho de 2008 09:15 BRT
 

Por Joseph Guyler Delva

PORTO PRíNCIPE (Reuters) - O presidente do Haiti, René Préval, lançou uma novo candidata a primeiro-ministra, depois do parlamento ter rejeitado suas duas escolhas anteriores para substituir o antigo premiê, derrubado devido aos violentos protestos contra os preços dos alimentos, disse o líder do Senado na segunda-feira.

A nova candidata é a economista Michele Pierre-Louis, disse o presidente do Senado, Kelly Bastien.

"Acho que este país precisa urgentemente de um novo premiê, de um novo governo. Trabalharemos no Parlamento para estudar rapidamente os documentos dela para determinar sua elegibilidade", disse Bastien à Reuters. "Vamos ver o que a assembléia decide."

Pierre-Louis foi diretora da Fokal, fundação que desenvolve bibliotecas, programas de educação infantil e redes de mulheres no Haiti. O órgão tem o apoio do Instituto de Sociedade Aberta do investidor George Soros.

Se confirmada, ela seria a segunda mulher haitiana no cargo.

O primeiro premiê escolhido por Préval para substituir Edouard Alexis, derrubado pelo Senado após os violentos protestos contra a alta no custo de vida do país mais pobre das Américas, foi a autoridade do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Ericq Pierre, rejeitado pelo Parlamento em maio.

Os parlamentares que o recusaram disseram que ele não provou ser filho de haitianos, requisito exigido pela Constituição do país.

Já o segundo indicado, Robert Manuel, amigo de longa data de Préval, foi rejeitado porque, segundo os parlamentares, não vivia no país há cinco anos consecutivos --outra exigência da Constituição. Manuel teve de abandonar o Haiti por razões políticas em 1999 e só voltou em 2005.