Dow Chemicals aumenta de novo preços, e reduz produção

terça-feira, 24 de junho de 2008 14:51 BRT
 

NOVA YORK, June 24 (Reuters) - Dow Chemical Co (DOW.N: Cotações), o maior produtor de químicos dos Estados Unidos, afirmou na terça-feira que vai aumentar seus preços em até 25 por cento e reduzir a fabricação de alguns produtos por causa dos altos preços da energia.

Os aumentos de preços virão após a elevação de 20 por cento do mês passado feita pela empresa, que produz milhares de produtos que vão de peças de carros a inseticidas.

"O que estamos fazendo é tentar proteger nossos ganhos", disse o presidente e CEO Andrew Liveris à CNBC.

A Dow afirmou que também está adotando uma série de medidas para redução de custos sobre funcionários, instalações e gastos em sua unidade automotiva por causa da queda nas vendas norte-americanas de automóveis.

Os custos da empresa com petróleo e gás e as contas com energia aumentaram em quatro vezes nos últimos cinco anos, para cerca de 32 bilhões de dólares neste ano.

O aumento de preços anunciado em 28 de maio não foi suficiente para cobrir os aumentos adicionais dos preços da energia, disse Liveris.

Os preços do petróleo saltaram 44 por cento até agora neste ano, incluindo um aumento de 9 dólares por barril desde o último aumento de preço da Dow. Já o gás natural avançou 75 por cento.

(Por Matt Daily)