PT veta aliança com PSDB em Belo Horizonte por envolver Aécio

quinta-feira, 24 de abril de 2008 19:40 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O PT vetou nesta quinta-feira aliança do partido com o PSDB na eleição para a prefeitura de Belo Horizonte (MG), alegando que a disputa na capital mineira ultrapassa a esfera municipal por envolver o governador Aécio Neves (PSDB), potencial candidato à Presidência da República em 2010.

"O significado do simbolismo de uma aliança PT-PSDB em Belo Horizonte extrapola a dimensão política de um simples acordo municipal. Revela uma aliança explicitada em documento aprovado pelo encontro municipal com o governador e potencial candidato a presidente da República, Aécio Neves", diz a resolução da Executiva do PT divulgada após reunião em Brasília.

Para a legenda, a tentativa contraria posição definida pelo Diretório Nacional para a política de alianças.

O PT mineiro, tanto municipal quanto estadual, já tinha aprovado o acordo com o PSDB que prevê o apoio a um candidato do PSB próximo a Aécio.

Segundo a resolução, o PT considera o PSB, o PCdoB e o PDT como aliados prioritários nas eleições de 2008.

"O DN e o diretório estadual de Minas Gerais consideram o governo Aécio Neves uma administração comprometida com políticas frontalmente distintas daquelas que compõem nosso ideário e o nosso programa de governo", informa a resolução.