PANORAMA1-Nova Selic e IPCA-15 movimentam juros futuros

quinta-feira, 24 de julho de 2008 08:00 BRT
 

SÃO PAULO, 24 de julho (Reuters) - O mercado brasileiro se ajusta à nova Selic e digere mais um importante índice de inflação nesta quinta-feira.

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de elevar o juro básico em 0,75 ponto percentual, para 13,00 por cento ao ano, vai garantir movimento com os contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) e deve recalibrar as apostas dos agentes financeiros para o final do ano.

Nesse segmento do mercado, as apostas chegaram a ser de elevação da Selic em até 1,0 ponto percentual, mas essa visão mais agressiva foi perdendo força recentemente.

A tendência do dia dependerá também do IPCA-15 de julho.

Analistas consultados pela Reuters esperam desaceleração da inflação para 0,67 por cento, depois da taxa de 0,90 por cento em junho, com uma alta menos forte dos custos de alimentos.

Nos Estados Unidos, a agenda é menos palpitante. São esperados dados sobre os pedidos de auxílio-desemprego na última semana e as vendas de imóveis usados em junho.

Para a agenda do dia, clique [nN24193426]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:   Continuação...