Dívida mobiliária federal interna sobe a R$1,319 tri em agosto

quarta-feira, 24 de setembro de 2008 15:02 BRT
 

BRASÍLIA, 24 de setembro (Reuters) - A dívida mobiliária federal interna cresceu 1,66 por cento em agosto e alcançou o valor de 1,319 trilhão de reais, segundo dados do Tesouro Nacional divulgados nesta quarta-feira.

No mês houve uma emissão líquida de 6,1 bilhões de reais e a apropriação de juros somou 12,6 bilhões de reais.

A parcela dos títulos prefixados --considerados melhores para o gerenciamento da dívida-- subiu para 31,45 por cento do total, ante 30,88 por cento em julho.

Os papéis atrelados à Selic subiram para 39,82 por cento, ante 39,66 por cento no mês anterior, enquanto os corrigidos por índices de preços passou de 29,47 por cento para 29,12 por cento, entre julho e agosto.

A dívida cambial ficou negativa em 2,13 por cento, ante 2,07 por cento em julho.

(Texto de Renato Andrade)