Irã vai responder se Israel atacar, diz Hezbollah

domingo, 24 de agosto de 2008 12:33 BRT
 

BEIRUTE (Reuters) - Israel será o alvo de milhares de mísseis se atacar o Irã, disse um membro do Hezbollah, grupo apoiado pelo governo de Teerã, neste domingo.

Há especulações de que os Estados Unidos ou Israel poderiam atacar as instalações nucleares do Irã, embora ambos tenham dito que a força deveria ser o último recurso para conter um programa nuclear que supostamente tem o intuito de produzir armas atômicas.

O Irã, que declara que seu programa nuclear é pacífico, é um dos maiores partidários do Hezbollah --grupo político e militar libanês, que disparou milhares de mísseis em direção a Israel durante uma guerra de 34 dias em 2006.

"O primeiro tiro feito pela entidade sionista contra o Irã será respondido por 11.000 mísseis em sua direção. Isto é o que os militares na república islâmica confirmaram", disse Mohammed Raad, diretor do bloco parlamentar do Hezbollah. Seus comentários foram divulgados pela Agência Nacional de Notícias.

O Hezbollah não disse o que faria na hipótese de um conflito entre o Irã e Israel. Analistas consideram o Hezbollah, que compartilha da ideologia islâmica xiita do Irã, como um recurso importante para a república islâmica no caso de um eventual conflito.

Teerã disse que irá responder severamente a qualquer ataque. Israel promoveu um exercício de sua força aérea em junho que alavancou especulações sobre possíveis ataques aos locais nucleares do Irã.

Tanto Israel quanto o Hezbollah disseram que o grupo expandiu sua capacidade de mísseis desde o conflito de 2006.