Para Quércia, Serra é alternativa do PMBD em 2010

quinta-feira, 24 de abril de 2008 13:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - No dia em que formaliza o apoio para candidatura à reeleição do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), neste ano, o presidente do PMDB paulista, Orestes Quércia, disse que o governador José Serra (PSDB) é uma alternativa do partido para a eleição presencial em 2010.

"Se PMDB não tiver candidato, o Serra é uma alternativa. Ele já foi candidato do PMDB uma vez, por que não?", disse Quércia a jornalistas nesta quinta-feira, antes de comandar a reunião da executiva estadual do partido que vai chancelar o acordo com Kassab.

Deputados estaduais peemedebistas já apoiam o governo de José Serra na Assembléia Legislativa. "Vamos oficializar este acordo talvez mais um pouquinho para frente", previu o ex-governador paulista.

Questionado sobre o eventual apoio do PMDB a um candidato do presidente Lula em 2010, Quércia foi ainda mais enfático. "Eu, por exemplo, analisaria o apoio de todo o PMDB ao Serra".

O PMDB nacional faz parte da base aliada do governo Lula.

Além de Kassab, Quércia conversou com os outros dois principais pré-candidatos à prefeitura paulistana, Geraldo Alckmin (PSDB) e Marta Suplicy (PT).

Sobre Kassab, Quércia disse que "dos candidatos, é aquele para ficar na prefeitura, não é candidato para ser governador ou presidente". Quércia defende ainda a participação de Alckmin na chapa DEM-PMDB.

(Reportagem de Carmen Munari)