Confiança empresarial na Alemanha cai a pior nível em 3 anos

quinta-feira, 24 de julho de 2008 07:17 BRT
 

Por Dave Graham

BERLIM, 24 de julho (Reuters) - A confiança empresarial na Alemanha sofreu em julho a maior queda desde os ataques ao World Trade Center em 2001, arrastada pela valorização do euro, o preço alto do petróleo e as difíceis condições de crédito na zona do euro.

De acordo com o instituto Ifo de pesquisa econômica, seu indicador de confiança, calculado com base em levantamento mensal com 7 mil empresas, caiu para 97,5 ante dado revisado de 101,2 em junho.

A queda do índice foi a mais acentuada desde os ataques suicidas de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos, e colocou o indicador no menor patamar desde setembro de 2005.

A piora na confiança empresarial da maior economia da Europa significa que o Banco Central Europeu (BCE), que elevou a taxa básica de juro no início do mês, deve manter o juro estável em 4,25 por cento por um bom período, disseram economistas.

"A tóxica combinação de petróleo caro, moeda forte e condições apertadas de crédito está derrubando a confiança empresarial por toda a zona do euro", afirmou Martin Van Vliet, analista do ING.