Vendas de veículos Volkswagen caem apesar de alta em emergentes

quarta-feira, 24 de setembro de 2008 16:01 BRT
 

FRANKFURT, 24 de setembro (Reuters) - As vendas de veículos do grupo Volkswagen (VOWG.DE: Cotações) caíram três por cento em agosto em meio à crise financeira internacional, informou a maior montadora da Europa nesta quarta-feira.

"As condições cada vez mais difíceis da economia estão apresentando um desafio para o nosso grupo", afirmou Detlef Witting, líder da área de vendas e marketing da companhia, em comunicado.

As ações da montadora fecharam em queda de 5,84 por cento nesta quarta-feira, enquanto o índice que reúne papéis de montadoras caiu 3,11 por cento.

A Volkswagen entregou 448 mil unidades para clientes em todo o mundo em agosto, um mês no qual o mercado global caiu 9 por cento, afirmou a empresa. De janeiro a agosto, ela vendeu 4,24 milhões de veículos no mundo, uma alta de 4,1 por cento frente o ano anterior.

Em mercados emergentes, porém, o crescimento de vendas foi de dois dígitos.

Durante os oito primeiros meses do ano, a Volkswagen teve aumento de 15,6 por cento nas vendas de veículos na China e de 21 por cento no Brasil. Já na Rússia, as entregas dispararam 67,2 por cento, enquanto na Índia as vendas tiveram um salto de 69,7 por cento.

Na Europa, o movimento se manteve praticamente estável de janeiro a agosto, enquanto na parte ocidental do continente, excluindo a Alemanha, as entregas recuaram 5,1 por cento.

As vendas de veículos Volkswagen no mercado alemão subiram 2,3 por cento.

(Rerportagem de Nicola Leske)