ATUALIZA-Demanda cai, mas Vale só vende para China com aumento

sexta-feira, 24 de outubro de 2008 15:35 BRST
 

(Texto atualizado com mais detalhes e declarações)

Por Raymond Colitt

BRASÍLIA, 24 de outubro (Reuters) - A Vale informou nesta sexta-feira que a demanda chinesa por metais e minerais está em forte queda, mas que não vai desistir do aumento no preço do minério de ferro que pediu há algumas semanas a seus clientes na Ásia.

A mineradora brasileira, maior exportadora mundial de minério, informou que só vai embarcar o produto para siderúrgicas chinesas que aceitarem o reajuste de 12 por cento.

"A demanda chinesa está muito mais fraca; há reduções na produção de aço lá", disse o diretor financeiro, Fabio Barbosa, em teleconferência com investidores.

"Enfrentamos agora um novo cenário global", completou.

Mas ele destacou que a Vale (VALE5.SA: Cotações), maior produtora de minério de ferro do mundo, vai insistir no aumento de 12 por cento para os asiáticos. A empresa alega que o reajuste nivelaria os custos da Ásia aos valores pagos atualmente pelos europeus, mas muitas siderúrgicas chinesas protestaram.

A China é o principal mercado da Vale para minério de ferro e pelotas.   Continuação...