ATUALIZA-PETROBRAS nega interesse em oferta por BG com a Shell

quarta-feira, 24 de outubro de 2007 14:04 BRST
 

(Texto atualizado com mais informações e declarações)

Por Denise Luna e Andrei Khalip

RIO DE JANEIRO, 24 de outubro (Reuters) - O diretor da área internacional da Petrobras (PETR4.SA: Cotações), Nestor Cerveró, descartou nesta quarta-feira grandes aquisições pela empresa para crescer no mercado externo, negando parceria com a Shell para fazer oferta pela BG BG.L, como vem sendo especulado pelo mercado.

"Se olhar friamente, não tem sentido financeiro", afirmou Cerveró à Reuters. "Não sei de onde vem essas coisas...BG não, é muito grande", complementou.

As ações da BG tiveram forte alta na semana passada após especulações de que a Petrobras se juntaria à Shell (RDSa.L: Cotações) para comprar a companhia.

Cerveró admitiu que a compra da BG seria um ganho substancial na busca de gás natural da Petrobras pelo mundo, mas que existem outras empresas menores que poderiam ser mais interessantes.

"É difícil falar de aquisições (de empresas de petróleo e gás) além dos nossos mostruosos investimentos, que são praticamente os maiores entre as indústria de petróleo no mundo...nosso crescimento não tem sido feito por meio de aquisições", disse Cerveró.

A Petrobras tem um plano de investimentos de 112,4 bilhões de dólares até 2012, dos quais 15 bilhões de dólares referem-se à área internacional, sem contar aquisições.

O diretor confirmou que continua negociando a compra da refinaria Nishihara, operada pela Nansei Sekiyu KK na ilha de Okinawa.

Além disso, a estatal brasileira também conversa com algumas refinarias nos Estados Unidos para atingir a meta de processar 400 mil barris diários fora do Brasil a partir de 2012. Hoje o refino é de 130 mil barris diários.