24 de Outubro de 2007 / às 16:27 / em 10 anos

Meirelles vê tendência saudável para conta corrente do país

MIAMI (Reuters) - A redução do superávit em transações correntes do Brasil não é uma preocupação para o Banco Central, que continua acreditando num padrão de forte crescimento, mesmo se alguns déficits forem registrados, afirmou o presidente do BC, Henrique Meirelles, nesta quarta-feira.

“Nós acreditamos que o Brasil tem um padrão muito sólido nas transações correntes e isso deve continuar ao longo dos próximos anos. Mesmo se houver déficits temporários, continuamos vendo uma tendência saudável de crescimento das exportações e uma tendência muito forte para a conta corrente nos próximos anos”, afirmou Meirelles à Reuters.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below