ATUALIZA-Previdência compromete resultado do governo central

quarta-feira, 24 de outubro de 2007 16:17 BRST
 

(Reescreve o texto e acrescenta mais informações)

BRASÍLIA, 24 de outubro (Reuters) - O aumento do déficit da Previdência Social acabou comprometendo o resultado primário das contas do governo central de setembro, que fechou o mês com um superávit de apenas 44 milhões de reais, mostraram dados divulgados nesta quarta-feira.

O resultado do governo central --que inclui as contas do Tesouro Nacional, da Previdência e do Banco Central-- em setembro ficou bem abaixo do valor apurado em agosto, de 3,663 bilhões de reais, e também menor do que os 375,4 milhões de reais registrados em setembro de 2006.

Em comunicado, o Tesouro explicou que a queda reflete o aumento do déficit previdenciário, que foi puxado pelo pagamento antecipado de parte do 13o salário.

O Tesouro registrou um superávit em suas contas de 9,291 bilhões de reais, enquanto que a Previdência amargou um déficit de 9,157 bilhões de reais no período. O Banco Central, por sua vez, fechou setembro com déficit de 89,9 milhões de reais.

No ano, o superávit primário acumulado pelo governo central é de 51,651 bilhões de reais, equivalente a 2,77 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ante 2,84 por cento em igual período do ano passado.