Festa do Oscar celebra irmãos Coen e artistas de vários países

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008 02:36 BRT
 

Por Bob Tourtellotte

LOS ANGELES (Reuters) - "Onde os Fracos Não Têm vez" conquistou o Oscar de melhor filme e melhor direção para os irmãos Joel e Ethan Coen. O drama violento recebeu quatro prêmios na noite de domingo, na 80a cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

Os integrantes da Academia também premiaram filmes, atrizes e atores de vários países.

O britânico Daniel Day-Lewis recebeu o Oscar por seu papel de explorador de petróleo do início do século 20 no longa "Sangue Negro".

O espanhol Javir Bardem, que fez o assassino de "Onde os Fracos Não Têm Vez", ganhou o Oscar de ator coadjuvante.

Entre as mulheres, uma francesa e outra britânica. Marion Cotillard venceu o prêmio de melhor atriz por sua interpretação da famosa cantora francesa Edith Piaf, em "Piaf: Um Hino ao Amor", enquanto Tilda Swinton ficou com o Oscar de coadjuvante por "Conduta de Risco".

Cotillard é a primeira francesa a ganhar um Oscar nesta categoria desde 1960.

"Estou sem palavras agora", disse Cotillard ao subir ao palco para receber a estatueta. "Obrigada vida, obrigada amor. É verdade que há anjos nesta cidade."

Bardem é o primeiro ator espanhol a receber o prêmio da Academia dos EUA. Nascido em uma família de artistas, ele agradeceu em espanhol a sua mãe ao subir no palco.   Continuação...

 
<p>Ator Javier Bardem aceita Oscar de melhor ator coadjuvante por seu papel de um assassino no final 'Onde os Fracos N&atilde;o T&ecirc;m Vez'. Photo by Gary Hershorn</p>