Chinesa Baosteel eleva preços do aço acima do esperado

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008 07:23 BRT
 

XANGAI (Reuters) - A Baosteel elevou os preços de seus principais produtos siderúrgicos para o segundo trimestre acima do esperado, entre 17 e 20 por cento. O movimento, divulgado nesta segunda-feira, puxou para cima as ações da empresa, já que analistas disseram que as margens de lucros da companhia aumentarão apesar dos maiores custos de matérias-primas.

A Baosteel, maior fabricante de aço da China, informou que elevará o preço da bobina laminada a quente em 20 por cento, ou 800 iuans (112 dólares), para 4.842 iuans a tonelada a partir do primeiro trimestre. O custo da bobina laminada a frio aumentará em 800 iuans, para 5.596 iuans a tonelada.

O aumento superou a previsão do mercado de alta de 12 a 17 por cento nos preços e mostra, segundo analistas, a confiança da siderúrgica na forte demanda doméstica.

As ações da Baosteel encerraram em alta de 0,28 por cento, a 17,67 iuans, depois de atingirem 17,20 iuans antes do anúncio.

"As principais siderúrgicas chinesas, após terem assegurado uma oferta estável de matérias-primas, irão consolidar a vantagem de mercado, elevando preços para contrabalançar o impacto dos crescentes custos de produção e para ter lucros maiores", disse o analista do Macquarie Bank Henry Liu.

Na semana passada, a Baosteel chegou a um acordo com a Vale em nome das siderúrgicas chinesas para um aumento de 65 por cento no preço do minério de ferro fornecido pela brasileira.

(Por Alfred Cang)