25 de Fevereiro de 2008 / às 13:47 / 9 anos atrás

Vale fecha alta do minério com empresa de Taiwan

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Vale anunciou na segunda-feira que fechou acordo com a China Steel, de Taiwan, para ajuste do preço do minério de ferro em 65 por cento para 2008, a partir de abril.

Assim como nos demais ajustes divulgados este mês pela gigante brasileira da mineração, o minério da mina de Carajás, no Pará, receberá um prêmio, por ser de maior qualidade, de 0,0619 dólar por unidade de ferro acima do preço do minério produzido no Sistema Sul e Sudeste da empresa.

O valor significa um ajuste de 71 por cento em relação ao preço para Carajás em 2007.

"Os preços para 2008 refletem a continuidade do excesso de demanda no mercado global de minério de ferro", afirmou a Vale em um comunicado.

Na última semana, a Vale anunciou acordo com quase todos os seus principais clientes, como a japonesa Nippon Steel e a coreana Posco, as primeiras a concordarem com o novo preço, que superou as expectativa do mercado e foi seguido pelos demais clientes.

Já fecharam também com a Vale as japonesas Nisshin, Sumitomo, Kobe e JFE; as européias Thyssen, da Alemanha, e Ilva, da Itália; e a chinesa Baosteel. Entre os grandes clientes falta o contrato da ArcelorMittal.

O preço do minério de ferro deu um salto de mais de 300 por cento na última década, puxado principalmente pelo crescimento da economia chinesa.

Por Denise Luna

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below