Ásia e Europa reúnem-se e tentam amenizar temores sobre crise

sábado, 25 de outubro de 2008 10:47 BRST
 

PEQUIM/LONDRES, 25 de outubro (Reuters) - Líderes europeus e asiáticos juntaram-se neste sábado para tentar restaurar a confiança dos investidores que temem que a crise de crédito global esteja levando a economia para a recessão.

A pior crise financeira em 80 anos forçou os países a trabalhar juntos, mas com crescentes evidências de uma recessão na Europa, analistas temem que a cooperação para reativar o setor bancário possa ser ameaçada à medida em que os governos voltam suas atenções para as economias domésticas.

"Precisamos alcançar uma cooperação entre todos os países, porque apenas com cooperação poderemos criar a força para superar o sofrimento", disse o primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, ao final de uma cúpula de dois dias com 43 líderes europeus e asiáticos em Pequim.

No Golfo, os ministros das Finanças e presidentes de bancos centrais disseram em uma reunião para discutir ações coordenadar que irão debater o direcionamento de maiores recursos dos governos para os bancos e para os mercados acionários, segundo a televisão Al-Arabiya.

Os países da região também pode rever seus investimentos no exterior.

(Por Alan Wheatley e Elizabeth Piper)