Lula vai fazer campanha em São Paulo, Diadema e Santo André

segunda-feira, 25 de agosto de 2008 19:28 BRT
 

BRASÍLIA, 25 de agosto (Reuters) - Cabo eleitoral mais disputado pelos candidatos nas eleições municipais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está concentrando sua presença nos municípios com fortes candidaturas petistas e grandes alianças entre os partidos da base.

Na reunião da coordenação política, na segunda-feira, Lula comunicou aos ministros que irá neste primeiro turno aos municípios de Diadema e Santo André, no grande ABC. Lula já tem presença anunciada na campanha de Marta Suplicy (PT), em São Paulo, onde deve fazer uma caminhada junto a sua ex-ministra, no próximo fim de semana.

A intenção de Lula é só comparecer a cidades com campo bastante definido, sem grandes conflitos entre as candidaturas dos partidos da base de apoio ao seu governo.

Em São Paulo, Marta tem Aldo Rebello (PCdoB) como vice em coligação de seis partidos. Em Santo André, o candidato Vanderlei Siraque (PT) congregou nove partidos em torno de sua candidatura. E em Diadema, Mário Reali (PT) reuniu 12 partidos

Segundo o Ministro das Relações Institucionais, José Múcio, o presidente pode ir ainda a Vitória, Curitiba e Natal.

Quando o governo discutiu a participação de seus integranes na campanha, Múcio tinha sugerido aos ministros que restringissem suas presenças aos Estados de origem --o que não foi acatado --, e gostaria que Lula fosse ainda mais reservado.

"Eu fico querendo ir para os lugares e o Múcio não quer que eu vá", teria dito Lula na reunião, segundo relato do próprio ministro.

Múcio contou ainda que o presidente vai fazer gravações de apoio para candidatos em alguns municípios, "sobretudo onde aoposição é mais contundente."

(Reportagem de Natuza Nery; Edição de Mair Pena Neto)