Sarkozy pede reforma de sistema econômico mundial

quinta-feira, 25 de setembro de 2008 16:15 BRT
 

TOULON, França, 25 de setembro (Reuters) - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, exigiu na quinta-feira uma reforma do sistema capitalista global, dizendo que a crise financeira deixou expostas falhas do setor bancário internacional.

Em um discurso sobre a crise do mercado, Sarkozy disse que ela pesará sobre a economia francesa por meses, mas prometeu que ninguém na França irá perder seus depósitos bancários.

"Uma certa idéia de globalização está chegando a um desfecho com o fim de um capitalismo global que impôs sua lógica sobre toda a economia e contribuiu para corrompê-la", disse Sarkozy a 4 mil partidários em um comício no sul da França.

"A idéia do poder absoluto dos mercados, que não devia ser restringido por nenhuma regra, por nenhuma intervenção política, é uma idéia louca. A idéia de que os mercados estão sempre certos é uma idéia louca", acrescentou ele.

Ele repetiu o pedido por um encontro com os principais líderes mundiais antes do fim do ano para mapear um novo sistema financeiro, e disse que é vital revisar os valores das moeda, acrescentando que tanto o dólar quanto o iuan estão subvalorizados.