BOLSA ÁSIA-Pacote dos EUA volta a preocupar e mercados recuam

quinta-feira, 25 de setembro de 2008 08:00 BRT
 

Por Kevin Yao

CINGAPURA, 25 de setembro (Reuters) - A maioria dos mercados asiáticos fechou em queda nesta quinta-feira e o dólar caiu ante moedas importantes nesta quinta-feira. Os negócios foram pressionados por dúvidas quanto ao plano de resgate do setor financeiro elaborado pelo governo norte-americano e orçado em 700 bilhões de dólares e por temores sobre as consequências econômicas da crise.

"O resgate oferece alguma folga para o setor financeiro, mas faz pouco para mudar a perspectiva econômica, a qual continua a se deteriorar", disse Dwyfor Evans, estrategista de moeda do State Street Global Markets em Hong Kong.

A aposta de 5 bilhões de dólares de Warren Buffett no Goldman Sachs (GS.N: Cotações) e as novas linhas de troca de moeda do Federal Reserve com mais bancos centrais ajudou a reestabelecer certa confiança do investidor no dólar, mas o interesse de compra ainda era limitado por preocupações quanto à economia dos Estados Unidos, disseram analistas.

Um pronunciamento sobre a perspectiva econômica dos Estados Unidos, feito pelo chairman do Fed, Ben Bernanke, na quarta-feira, transmitiu a idéia de que o banco central norte-americano reduzirá a taxa de juro novamente até o fim do ano.

O banco central da Autrália injetou capital extra no mercado aberto local novamente, o Banco do Japão tornou disponível aproximadamente 30 bilhões de dólares na primeira operação de fornecimento de dólar já feita no país, e o banco central da China deixou as taxas de suas operações de compulsório cair novamente, efetivamente relaxando mais sua política monetária.

O banco central de Hong Kong também injetou fundos no mercado.

O índice MSCI que reúne os principais mercados da Ásia com exceção do Japão .MIAPJ0000PUS recuava 0,82 por cento às 7h50 (horário de Brasília), apesar de ter ficado bem acima do menor patamar em dois anos na última quinta-feira.

A bolsa de TÓQUIO .N225 fechou em baixa de 0,9 por cento, a 12.006 pontos.

Mas a bolsa de XANGAI .SSEC foi na contra-mão e disparou quase quatro por cento, influenciada pela recompra de ações por empresas estatais e esperanças de reforma no mercado, o que também serviu de apoio à bolsa de HONG KONG .HSI, que teve queda contida de 0,15 por cento.

O mercado de SEUL .KS11 teve alta de 0,38 por cento, TAIWAN .TWII recuou 1,17 por cento e CINGAPURA .FTSTI teve queda de 1,35 por cento. SYDNEY .AXJO teve desvalorização de 1,09 por cento.