Carro-bomba mata nove e deixa 30 feridos em Bagdá

domingo, 25 de novembro de 2007 11:16 BRST
 

BAGDÁ (Reuters) - Um ataque suicida com um carro-bomba próximo à sede do Ministério da Saúde do Iraque matou nove pessoas neste domingo, disse o porta-voz de segurança brigadeiro-general Qassim Moussawi.

Moussawi disse que 30 pessoas ficaram feridas pela bomba, detonada próxima à uma rua de vendedores ambulantes, localizada nos arredores do prédio do ministério. Mais cedo, a polícia informou que duas pessoas haviam morrido e 15 ficado feridas.

Em um outro incidente, uma bomba deixou dois civis feridos no distrito de Waziriya, no norte de Bagdá, segundo informações da polícia. Uma outra bomba explodiu quando forças de segurança iraquianas chegaram ao local, matando um soldado e ferindo outros seis, também de acordo com a polícia.

No geral, o número de ataques em Bagdá teve uma queda significativa nos últimos meses, após o aumento no número de tropas dos Estados Unidos realizado neste ano.

Mas comandantes militares norte-americanos têm alertado que os militantes não foram derrotados e que houve um aumento no número de atentados na semana passada na capital iraquiana. Pelo menos 13 pessoas foram mortas na sexta-feira, quando uma bomba foi detonada em um popular mercado de animais de Bagdá.

(Por Aseel Kami)