Economia britânica desacelera no 2o tri, como esperado

sexta-feira, 25 de julho de 2008 07:56 BRT
 

Por Sumeet Desai e Matt Falloon

LONDRES, 25 de julho (Reuters) - A economia britânica desacelerou como esperado no segudo trimestre, registrando a pior taxa de expansão dos últimos três anos, efeito do forte recuo do setor de construção de moradias, mostraram dados divulgados nesta sexta-feira.

De acordo com a agência nacional de estatísticas, o Produto Interno Bruto (PIB) britânico cresceu 0,3 por cento no período de três meses encerrados em junho, colocando a taxa de expansão anual em 1,6 por cento, ante 2,3 por cento no primeiro trimestre.

"O crise no mercado de crédito, além da queda nos preços de moradias e o avanço dos custos dos alimentos e energia continuam reprimindo a atividade, e as políticas fiscal e monetária não podem fazer nada para aliviar", afirmou James Kinghtley, economista do ING.

O Banco da Inglaterra espera que a economia desacelere, mas sua habilidade para reduzir a taxa de juro está sendo afetada pelo aumento da inflação, que atualmente é praticamente o dobro da meta de 2 por cento perseguida pela instituição.

De acordo com a agência de estatísticas, a desaceleração do PIB no segundo trimestre foi puxada pela queda de 0,7 por cento do setor de construções --a maior queda desde o terceiro trimestre de 2005.