Emirados Árabes e Catar montam fundo para aquisições de US$2 bi

terça-feira, 25 de março de 2008 09:56 BRT
 

DUBAI, 25 de março (Reuters) - A estatal controlada pelo governo de Abu Dhabi Ipic e a Autoridade de Investimento do Catar (QIA na sigla em inglês) vão criar um fundo de 2 bilhões de dólares para aquisições globais, informou o diretor-gerente da Ipic neste terça-feira.

"Planejamos investir em todos os setores, incluindo em petróleo e petroquímica", disse Khadem al-Qubaisi à Reuters, em entrevista por telefone.

A Ipic é um veículo de investimento do governo de Abu Dhabi, que controla mais de 90 por cento das reservas petrolíferas dos Emirados Árabes Unidos. Já a QIA é o fundo soberano do Catar. Os ativos do fundo estão em cerca de 60 bilhões de dólares, segundo estimativa do Standard Chartered.

"Vamos buscar qualquer oportunidade onde possamos fazer dinheiro e adicionar valor. Isso poderia ser em qualquer região, Oriente Médio, Ásia, África, Europa e Estados Unidos", disse Qubaisi.

Ipic e QIA investirão cada um 1 bilhão de dólares na montagem do fundo. A expectativa é que o fundo esteja operando em cerca de seis meses.

"Seremos conservadores com os primeiros investimentos e cresceremos com cuidado", afirmou ele. "Não podemos ser agressivos a partir do primeiro dia."

Fundos soberanos do Oriente Médio, Ásia, Rússia e China injetaram bilhões de dólares em grandes participações de instituições de Wall Street, elevando preocupação entre parlamentares norte-americanos de que política possa estar influenciando esses investimentos.

Fundos incluindo a QIA e a Autoridade de Investimento de Abu Dhabi (Adia, na sigla em inglês) ajudaram a resgatar bancos ocidentais com problemas nos últimos meses.

(Por Simon Webb)