BOVESPA-Índice amplia alta a 2,1% após FED manter juro nos EUA

quarta-feira, 25 de junho de 2008 15:28 BRT
 

SÃO PAULO, 25 de junho (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo acelerou os ganhos na tarde desta quarta-feira, acompanhando a resposta positiva de Wall Street à decisão do Federal Reserve de manter o juro básico dos Estados Unidos em 2 por cento ao ano.

Às 15h28, o Ibovespa .BVSP subia 2,1 por cento, para 65.516 pontos. O giro financeiro era de 4,1 bilhões de reais.

"Parte do mercado considerava a hipótese de elevação da taxa, o que seria ruim para as bolsas porque mostraria maior preocupação do Fed com a inflação. Como a taxa foi mantida, a Bovespa está se recuperando de parte das perdas dos últimos dias", disse André Hannah, operador da corretora Interfloat.

Na Bolsa de Nova York, o índice Dow Jones .DJI subia 0,60 por cento.

O setor bancário, que já liderava os ganhos do índice desde a abertura do pregão, estendia a alta. Na ponta, as ações ordinárias do Banco do Brasil (BBAS3.SA: Cotações) disparavam 6,79 por cento, a 28,95 reais.

Dentre os papéis com maior peso no Ibovespa, as ações preferenciais da Vale (VALE5.SA: Cotações) subiam 2,07 por cento, para 49,20 reais, enquanto as preferenciais da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) tinham avanço de 0,69 por cento, a 44,07 reais.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Cláudia Pires)