Empresas brasileiras vão exportar álcool sustentável

quarta-feira, 25 de junho de 2008 16:26 BRT
 

Por Inaê Riveras

SÃO PAULO, 25 de junho (Reuters) - Um grupo de empresas brasileiras assinou um acordo para exportar álcool sustentável certificado para a Suécia, o primeiro acordo do tipo no mundo, informaram as companhias na quarta-feira.

Cosan CSAN3.SA, Guarani ACGU3.SA, NovAmérica e Alcoeste concordaram em vender para a sueca Sekab 115 milhões de litros de álcool anidro, produzido com certos padrões sociais e ambientais.

"Essa iniciativa atende preocupações dos consumidores europeus relacionadas à sustentabilidade do álcool", disse Martino Seiiti Ono, diretor da trading SCA, que vai gerenciar as exportações.

"É a primeira aplicação prática do álcool sustentável verificado e um grande passo na direção de concretizar um padrão internacional", disse Ono a repórteres.

As usinas vão receber 5 a 10 por cento mais pelo produto certificado em relação ao álcool similar sem rastreabilidade, disse ele, negando-se a dar mais detalhes.

O acordo será válido por ao menos nove meses, e o primeiro carregamento foi embarcado neste mês.

Entre os padrões exigidos, está tolerância zero para trabalho infantil ou escravo. As usinas têm que usar ao menos 30 por cento de colheita mecanizada hoje e chegar a 100 por cento até 2014.

Uma empresa internacional independente vai auditar todas unidades de produção dos grupos duas vezes por ano.   Continuação...