BOLSA EUA-Índices operam em baixa de olho em dados de moradia

quinta-feira, 25 de outubro de 2007 11:51 BRST
 

NOVA YORK, 25 de outubro (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos operavam em queda nesta quinta-feira, contidas por resultados positivos da fabricante de celulares Motorola MOT.N e da empresa de tecnologia EMC EMC.N, que ajudavam a aliviar a preocupação dos investidores com os lucros do terceiro trimestre.

Às 11h40 (horário de Brasília), o índice Dow Jones .DJI, referência da bolsa de Nova York, recuava 0,15 por cento, para 13.645 pontos. A Nasdaq .IXIC subia 0,33 por cento, para 2.765 pontos. O índice Standard & Poor's 500 .SPX tinha quedade 0,13 por cento, para 1.513 pontos.

O otimismo em relação a um corte dos juros na próxima semana ajudava a conter a queda. O comitê do Federal Reserve que decide sobre as taxas se reúne na terça e na quarta-feira, e deve reduzir tanto a taxa básica quanto a de redesconto.

Antes da abertura, os índices futuros reduziram os ganhos após dados do governo que mostraram uma queda inesperada nas encomendas de bens duráveis e um recuo menor que o previsto no número de pedidos de auxílio-desemprego.

Os investidores agora aguardam a divulgação às 12h (horário de Brasília) dos dados de vendas de casas novas em setembro no país. As previsões do mercado apontam para queda na taxa anual para 780 mil unidades ante 795 mil em agosto, segundo economistas consultados pela Reuters.

"O mercado tem expectativa de que na próxima semana o Fed possa cortar os juros. Então isso está do lado positivo", disse Subodh Kumar, presidente-executivo da Subodh Kumar & Associates, em Toronto, Canadá. "No lado negativo, quando você olha para a fraqueza dos dados de encomendas, isso sugere que os lucros no quarto trimestre podem ser menores."

As ações da Motorola subiam 4,53 por cento depois que a companhia divulgou o lucro operacional do terceiro trimestre e fez uma avaliação positiva sobre suas perspectivas. As ações da EMC avançavam 4,13 por cento.