EUA impõem sanções à Guarda Revolucionária e ministério do Irã

quinta-feira, 25 de outubro de 2007 10:49 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - Aumentando a pressão sobre o Irã, os Estados Unidos classificaram nesta quinta-feira a Guarda Revolucionária do país como um proliferador de armas de destruição em massa e a força de elite Qods como um apoiador de terrorismo.

Segundo uma autoridade de alto escalão dos EUA, Washington impôs no total sanções a mais de 20 empresas, bancos e indivíduos, assim como ao Ministério da Defesa.

Trata-se de uma tentativa de pressionar Teerã a interromper seu programa nuclear e acabar com suas atividades "terroristas", disse.

(Reportagem de Sue Pleming)