Plosser, do Fed, defende alta do juro nos EUA, diz NYT

segunda-feira, 25 de agosto de 2008 10:47 BRT
 

CHICAGO, 25 de agosto (Reuters) - O presidente do Federal Reserve da Filadélfia, Charles Plosser, é favorável a uma reversão rápida da baixa taxa de juro do Fed, dadas as preocupações com a inflação em alta, de acordo com o New York Times.

"Se nós não revertermos nossa postura o mais rápido possível, nós enfrentaremos inflação em alta, o que pode ser caro para lidarmos", disse Plosser em uma entrevista publicada na segunda-feira.

Deixar a taxa muito baixa pode criar um "risco à credibilidade do Fed de conter a inflação", afirmou Plosser.

O presidente do Fed da Filadélfia é um dos membros que votam este ano nas reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do banco central dos Estados Unidos.

Nas reuniões de março e abril, Plosser foi voto dissidente, ao defender o aumento da taxa de juro, mas votou com a maioria em junho e agosto para manter a taxa de juro inalteradas em 2 por cento, após uma agressiva campanha de cortes iniciada em setembro de 2007.

Atualmente os mercados financeiros vêem poucas chances do comitê elevar a taxa de juro em sua reunião de setembro. A aposta em um aumento da taxa antes do fim do ano é de um em cada trrês.

(Reportagem de Ros Krasny)