Sistema financeiro pode sofrer novos choques, diz BC inglês

quinta-feira, 25 de outubro de 2007 12:04 BRST
 

Por Fiona Shaikh

LONDRES (Reuters) - A turbulência nos mercados financeiros ainda não terminou e os mercados de ações, imóveis e crédito nos países industrializados podem sofrer abalos adicionais, afirmou o Banco da Inglaterra, nesta quinta-feira.

Em seu relatório semestral sobre a estabilidade financeira, o banco informou que a ferocidade com que a crise se impôs foi um choque e que as autoridades precisam reforçar seus arranjos administrativos na esteira da crise da financeira Northern Rock, que sofreu a primeira corrida bancária da Grã-Bretanha em mais de um século.

As coisas estão começando a parecer melhores, afirmou o BC britânico, e a força da economia e do setor bancário do país deve ajudar o sistema financeiro a sair da atual tempestade. Porém, choques adicionais são possíveis, tanto no âmbito doméstico quanto no externo.

"No curto prazo, o sistema financeiro nas economias avançadas continua vulnerável a ajustes adicionais, tanto nos mercados de crédito... ou, por exemplo, nos mercados de ações ou de imóveis."

O Banco da Inglaterra afirmou que, ainda que haja sinais de recuperação, a volta às condições iniciais de risco subestimado seria indesejável de qualquer forma.

"Um período de condições apertadas de crédito, especialmente para tomadores de alto risco, deve ser esperado", comentou. Os compradores de suas primeiras residências também estão enfrentando dificuldades para entrar no mercado de imóveis, o que potencialmente remove uma fonte importante de demanda por moradias.