Parlamentares dos EUA voltam à mesa de negociação nesta 6a-feira

sexta-feira, 26 de setembro de 2008 07:24 BRT
 

Por Tom Ferraro e Richard Cowan

WASHINGTON, 26 de setembro (Reuters) - Os líderes do Congresso dos Estados Unidos voltarão a discutir nesta sexta-feira o pacote de resgate de Wall Street, depois que as conversas foram interrompidas na véspera.

Ao mesmo tempo em que as discussões em Washington travavam, o governo decidiu fechar o banco Washington Mutual, marcando a maior quebra de uma instituição já registrada nos Estados Unidos.

As negociações sobre o pacote de ajuda proposto pela Casa Branca viraram um caos depois da divulgação de um plano alternativo apresentado pelos republicanos e o anúncio do fechamento do Washington Mutual --o maior banco de poupança e empréstimos dos EUA.

O deputado democrata Barney Frank, que tem exercido papel fundamental nas negociações do pacote de 700 bilhões de dólares, afirmou que as discussões continuariam nesta sexta-feira, mas não havia sinais de participação dos republicanos da Câmara.

Frank disse que espera que o presidente George W. Bush e o candidato republicano à Presidência, John McCain, consigam convencer os deputados do partido a participar das negociações.

"Eu não posso acreditar que os deputados republicanos vão continuar a desafiar George Bush ou que John McCain não vai tentar ajudar", disse Frank.

Senadores democratas disseram após a reunião de quinta-feira que McCain deu a impressão de apoiar o novo plano, mas representantes da campanha do republicano negaram que ele tenha endossado qualquer apoio.

Os índices futuros de ações nos Estados Unidos, o dólar e as ações nos mercados asiáticos recuaram, enquanto os Treasuries subiam, refletindo o alto grau de ansiedade que toma conta do mercado diante dos esforços de Washington para conter a crise que já comemorou um ano de vida.