PSDB joga no colo de Lula derrota de Marta em São Paulo

domingo, 26 de outubro de 2008 18:26 BRST
 

Por Natuza Nery

BRASÍLIA, 26 de outubro (Reuters) - Com menos de 46 por cento das seções apuradas, a cúpula tucana já joga no colo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a derrota de Marta Suplicy (PT) na disputa por São Paulo.

Pesquisa de boca-de-urna indica a vitória do atual prefeito Gilberto Kassab (DEM) sobre a petista.

"Foi consumada a derrota do governo Lula e do Partido dos Trabalhadores", disse à Reuters o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE).

"São Paulo era a aposta da eleição", acrescentou.

O PSDB, apesar de ter tido seu candidato (Geraldo Alckmin) derrotado no primeiro turno, vê o resultado de São Paulo como vitória sua, já que o DEM é um partido aliado e Kassab teve o apoio do governador José Serra desde o primeiro turno.

Lula fez campanha para Marta es esteve pessoalmente em São Paulo, sobretudo no primeiro turno. Com a expectativa de derrota no segundo, foi aconselhado por interlocutores a não entrar de cabeça na campanha para não absorver o resultado negativo de forma direta.

"A oposição, muito afoita, assim como quer que a crise financeira global se agrave, quer que esta eleiçãosignifique a derrota do projeto político que o Lula encarna. Eleição municipal é municipal, não nacional", rebateu a senadora Ideli Salvatti (PT-SC), líder do partido na Casa.

Apesar das diferentes opiniões sobre o peso da disputa local, São Paulo é o maior colégio eleitoral do país--28 por cento do eleitorado brasileiro--e a principal arena de disputa entre PT e PSDB.

(Reportagem adicional de Fernando Exman, Edição de Mair Pena Neto)