27 de Outubro de 2008 / às 01:53 / 9 anos atrás

Eleição deixa PT fora das grandes capitais e oposição celebra SP

Por Natuza Nery

BRASÍLIA, 26 de outubro (Reuters) - As eleições municipais podem não ter mudado de forma contundente o mapa político do país, mas apontaram tendências e novos pólos de poder fundamentais à disputa nacional de 2010.

No plano político, o governador de São Paulo, José Serra, patrocinou a candidatura de Gilberto Kassab (DEM) à reeleição na capital e saiu como vitorioso indireto da campanha.

Serra é cotado para ser candidato da oposição na corrida pelo Palácio do Planalto daqui a dois anos.

No plano partidário, o PMDB conquistou a maior vitrine do país, fechando as urnas de 2008 com mais de 1.200 prefeitos, seis deles de capitais. O partido ganhou no Rio de Janeiro, valorizou o próprio passe e se tornou a grande noiva da sucessão presidencial.

De modo geral, a coalizão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva também obteve bons resultados.

O PT aumentou de tamanho e firmou pé nos grotões. Apesar disso, amargou neste segundo turno derrotas em São Paulo, Porto Alegre e Salvador. Também não administrará nenhuma das maiores capitais do Brasil.

O partido de Lula -- que em 2004 elegeu nove prefeitos de capitais--, ficou agora com seis: Fortaleza, Recife, Vitória, Porto Velho, Rio Branco e Palmas. O resultado numérico é o mesmo alcançado pelo PMDB, mas de peso político relativo em termos nacionais.

No grupo dos 77 maiores municípios do país (acima de 200 mil eleitores), o PT saiu na frente: conquistou 20 deles, três a mais que em 2004. O PMDB, por sua vez, teve crescimento real maior, alcançando 17 cidades, contra 10 na disputa anterior.

Já o PSDB se enfraqueceu no grupo. Nesta eleição, venceu em 13 das mais robustas prefeituras, ante 17 na eleição de 2004.

O PMDB já havia marcado sua liderança no primeiro turno. Com seis prefeituras, administrará Salvador, Porto Alegre, Florianópolis, Goiânia e Campo Grande, além do Rio.

Em termos numéricos, a oposição perdeu terreno em relação a anos anteriores. O PSDB ficou com quatro capitais--Curitiba, Teresina, São Luís e Cuiabá--, e o DEM venceu em São Paulo, sobretudo pelo apoio de Serra. Apesar da redução, porém, a oposição comemora São Paulo e joga a derrota de Marta Suplicy (PT) no colo de Lula.

Da base aliada, o PSB ficou com três capitais--Belo Horizonte, João Pessoa e Boa Vista. O PTB levou Belém e Manaus. PP, PV, PDT e PCdoB conquistaram, cada um, somente uma capital.

VITÓRIAS POLÍTICAS E ELEITORAIS

No Rio, Eduardo Paes (PMDB) conquistou a vitória eleitoral, mas foi seu padrinho político, o governador do Estado, Sérgio Cabral (PMDB), quem obteve ganho político.

Cabral não só entregou ao afilhado o apoio do presidente Lula como conseguiu derrotar a influência do prefeito Cesar Maia na capital. Maia apoiava Fernando Gabeira (PV) no segundo turno.

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deixou de contabilizar quatro municípios com pendências judiciais, o PT fechou o segundo turno com 560 prefeitos. Em 2004, conquistou 411 cidades, contra 174 em 2000.

O PMDB elegeu 1.250 prefeitos em 2000, caiu para 1.059 em 2004. Neste domingo, exibiu a vitória de 1.202 candidatos.

O PSDB vem decaindo nos últimos anos. Em 2000, puxado pelo governo Fernando Henrique Cardoso, conquistou 985 prefeituras, passou para 870 em 2004 e 786 neste domingo.

O DEM fechou seu balanço eleitoral nesta noite com um saldo de 500 eleitos. Há quatro anos, quando disputava como PFL, elegeu 789, contra 1.025 em 2000.

Também na oposição, o PPS perdeu musculatura. Elegeu no primeiro e segundo turnos 130 prefeitos. Em 2004, tinha 308 cidades.

Ainda conforme o TSE, o PP elegeu 553 prefeitos, dois a mais que em 2004. Em 2000, venceu em 617 cidades.

O PTB ganhou 417, quatro a menos que em 2004. Em 2000, conquistou 396 municiíios. O PR elegeu 383 cidades. O PDT, 345. O PV encerrou a disputa de 2008 com 76 nomes eleitos.

Reportagem adicional de Ana Paula Paiva, Edição de Mair Pena Neto

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below