ONU diz ter provas de que ataques aéreos mataram 90 afegãos

terça-feira, 26 de agosto de 2008 08:00 BRT
 

CABUL (Reuters) - A Organização das Nações Unidas (ONU) disse na terça-feira que encontrou provas convincentes de que 90 civis afegãos, a maioria deles crianças, foram mortos no oeste do Afeganistão em ataques aéreos das forças da coalizão lideradas pelos Estados Unidos, na semana passada.

"As investigações da Unama (Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão, na sigla em inglês) encontraram provas convincentes, baseadas nos relatos de testemunhas oculares e outras pessoas, de que cerca de 90 civis foram mortos, incluindo 60 crianças, 15 mulheres e 15 homens", disse o enviado especial da ONU ao Afeganistão, Kai Eide, em um comunicado.

(Por Jon Hemming)