Confiança empresarial na Alemanha atinge menor nível em 3 anos

terça-feira, 26 de agosto de 2008 07:04 BRT
 

BERLIM, 26 de agosto (Reuters) - A confiança do empresariado alemão caiu mais que o esperado, atingindo em agosto o menor patamar em três anos, mostrou pesquisa divulgada nesta terça-feira.

O dado aumentou as expectativas sobre a possibilidade de a maior economia da Europa entrar em recessão e reduziu a valorização do euro.

De acordo com o instituto Ifo, de Munique, o índice de confiança empresarial caiu para 94,8 em agosto, ante 97,5 em julho, a menor leitura registrada desde junho de 2005.

A pesquisa foi feita com base em um levantamento com cerca de 7 mil empresas.

"Esse é um revés significativo", afirmou Antje Hansen, analista do HSBC Trinkaus. "Não esperávamos que o índice Ifo sofresse esse decréscimo significativo. Isso não é bom para a segunda metade do ano. A probabilidade de uma recessão aumentou", acrescentou o analista.

Mais cedo, a agência de estatísticas da Alemanha confirmou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país contraiu-se 0,5 ponto percentual no segundo trimestre. O conceito mais comum de recessão é quando uma economia se contrai por dois ou mais trimestres consecutivos.

(Texto de Paul Carrel)