Consumidor fica mais pessimista após derrubar PIB da Alemanha

terça-feira, 26 de agosto de 2008 07:26 BRT
 

Por Paul Carrel

BERLIM (Reuters) - O fraco ritmo de gastos dos consumidores puxou a contração da economia da Alemanha no segundo trimestre deste ano pela primeira vez desde 2004 e a confiança do consumidor tende a piorar ainda mais, mostraram dados divulgados nesta terça-feira.

A maior economia da Europa registrou uma contração de 0,5 ponto percentual no período de abril a junho, depois da expansão de 1,3 por cento nos três primeiros meses do ano, confirmou a agência federal de estatísticas. Os gastos dos consumidores e os investimentos em capital responderam, cada um, por um corte de 0,4 ponto do crescimento total do trimestre.

O comportamento dos consumidores é fundamental para a economia alemã, uma vez que estes gastos representam cerca de 50 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Em mais um golpe para as perspectivas econômicas, o grupo de pesquisa GfK informou que seu indicador futuro de expectativas mostra uma piora na confiança do consumidor no próximo mês. O indicador atingiu novo recorde de baixa, no menor patamar em 5 anos.

"O índice GfK não oferece muita esperança de recuperação do consumo no terceiro trimestre", afirmou Uwe Angenendt, analista do BHF-Bank.

REUTERS RA ES