BOLSA EUROPA-Ações recuam por setor bancário e commodities

terça-feira, 26 de agosto de 2008 07:52 BRT
 

Por Atul Prakash

LONDRES, 26 de agosto (Reuters) - Os mercados de ações europeus cediam nesta terça-feira, à medida em que as preocupações quanto à economia global e as perspectivas para o setor financeiro mantinham o clima de nervosismo entre investidores.

Às 7h39 (horário de Brasília), o principal índice europeu de ações, o FTSEurofirst 300 .FTEU3, tinha queda de 0,8 por cento, a 1.159 pontos. O índice perdeu 0,6 por cento na segunda-feira, quando o mercado da Grã-Bretanha estava fechado, devido a um feriado nacional.

Duras condições de mercado foram ressaltadas por um relatório que mostrou que a confiança empresarial na Alemanha caiu mais que o esperado em agosto, puxada para baixo por uma forte deterioração nas expectativas de negócios das companhias.

Gastos mais fracos dos consumidores levaram a uma contração da economia alemã no segundo trimestre deste ano pela primeira vez desde 2004, e a disposição do consumidor deve se deteriorar ainda mais, mostraram outros dados divulgados nesta terça-feira.

O setor bancário era o que apresentava maiores perdas no FTSEurofirst 300, seguido pelo setor energético e de mineração, que acompanhavam os preços mais baixos de commodities.

As ações de mineradoras caíam, acompanhando uma retração no preço do cobre em Xanghai e outros metais, entre preocupações renovadas sobre a demanda chinesa e o crescimento da economia global.

A Xtrata XTA.L cedia 3,71 por cento, a Anglo American (AAL.L: Cotações) caía 4,07 por cento, e da Antofagasta (ANTO.L: Cotações) recuava 3,57 por cento.

O clima pessimista gerou uma queda de mais de 3 por cento nas ações da Rio Tinto (RIO.L: Cotações), apesar da empresa ter apresentado resultados melhores que o esperado com lucro recorrente subindo 55 por cento.   Continuação...