Paulson diz que "correção" imobiliária nos EUA não deve parar

quarta-feira, 26 de março de 2008 11:29 BRT
 

WASHINGTON, 26 de março (Reuters) - O secretário do Tesouro norte-americano, Henry Paulson, disse nesta quarta-feira que é preciso permitir que o preço das moradias continue a cair ao mesmo tempo em que todos os esforços devem ser feitos para assegurar que o ajuste não cause dano excessivo na economia.

"Uma correção era inevitável e, quanto antes passarmos por isso, com o mínimo de desordem, mais cedo vamos ver a estabilização dos preços das moradias, com mais compradores voltando para o mercado imobiliário, e o setor vai voltar a contribuir para o crescimento econômico", disse Paulson em comentários preparados para discurso na Câmara de Comércio dos Estados Unidos.

O secretário do Tesouro também afirmou que ninguém deve concluir que as corretoras e outras grandes instituições financeiras vão ter acesso permanente aos novos instrumentos de crédito disponibilizados pelo Federal Reserve para aliviar as pressões sobre o mercado.

(Reportagem de Glenn Sommerville)