PANORAMA-Temor externo domina pregões e Bovespa perde 3%

segunda-feira, 26 de novembro de 2007 19:07 BRST
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 26 de novembro (Reuters) - A apreensão com o cenário externo, diante dos problemas no mercado de crédito imobiliário, voltou a dominar as atenções nesta segunda-feira, em que o dólar subiu mais de 1 por cento e o principal índice da Bovespa perdeu o patamar de 60 mil pontos.

O dólar já vinha avançando nos últimos dias com o desmonte de posições por parte de investidores estrangeiros. Durante a tarde, o risco-país 11EMJ, medido pelo JPMorgan, subiu cerca de 20 pontos-básicos.

O movimento no câmbio, que tradicionalmente registra aumento de remessas ao exterior no fim do ano, contaminou o mercado de juros. A maioria dos contratos negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) fechou em alta.

Em Wall Street, os índices registraram baixa acentuada com o temor de novas perdas no segmento de crédito --e ações de bancos foram as mais afetadas. O índice Standard & Poor's 500 anulou os ganhos acumulados no ano.

"O setor financeiro parece muito, muito ruim", disse Bruce Zaro, estrategista da Delta Global Advisors, em Plymouth, Massachusetts.

Nesta terça-feira, o mercado brasileiro acompanha a divulgação do relatório de outubro sobre as operações de crédito no país, além da sondagem do consumidor feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) com projeções sobre as compras de Natal.

Veja como encerraram os principais mercados nesta segunda-feira:   Continuação...